1. Castelo de Neuschwanstein, Alemanha

Distante cerca de 650 km de Berlim, fica a cidade de Schwangau. Nela está uma joia da arquitetura germânica que levou 14 anos para ficar pronta. Azarado, o rei Ludwig II da Baviera, que encomendou sua construção, viveu míseros 172 dias no imponente castelo, antes de morrer sob circunstâncias misteriosas.
O imóvel supostamente serviu de inspiração para o castelo da Bela Adormecida, na Disneylândia

2. Castelo da Ilha Fiscal, Rio de Janeiro (RJ)

Localizada na Baía de Guanabara, a Ilha Fiscal abriga um castelo que exala história. Erguido com o trabalho escravo para ser uma joia da Coroa, ele carrega o título de ter realizado o “último baile do Império do Brasil”, seis dias antes da Proclamação da República. A festa foi pura ostentação: conta-se que foram necessários 50 cozinheiros e 150 copeiros para servir 20 mil sanduíches, 188 caixas de vinho e 80 de champanhe para cerca de 3 mil convidados.
Atualmente a construção faz parte do Centro Cultural da Marinha e recebe 300 mil visitantes por ano

3. Castelo Fatlips, Escócia

Quando os portugueses atracaram suas caravelas na costa brasileira, o Fatlips já estava de pé. A construção do século 16 sempre esteve ocupada, até ser abandonada na década de 1960. Com a intenção de resgatar o valor histórico que o imóvel tem e compartilhá-lo com o grande público, desde 2013, grandes reformas vêm sendo empenhadas para revitalizá-lo.
Segundo a BBC, o nome se deve ao hábito de os homens tascarem beijos nas mulheres na entrada do prédio

4. Castelo do Batel, Curitiba (PR)

Construído na década de 1920, o Castelo do Batel destoa dos imóveis de seus arredores: ele fica em um bairro nobre da capital paranaense, que abriga dezenas de arranha-céus. Após ser o lar de duas famílias abastadas, o lugar foi sede da afiliada da TV Globo no Paraná e atualmente é alugado para a realização de eventos sociais e empresariais.
O castelo foi a locação do filme “O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili” (2006), estrelado por Renato Aragão

5. Castelo de Hohenzollern, Alemanha

O Castelo de Hohenzollern é um palácio fortificado situado a cerca de 50 km de Stuttgard, na Alemanha. Sua construção remonta ao século 11, tendo sido ampliado duas vezes desde então. Trezentas mil pessoas contemplam sua arquitetura monumental todos os anos, o que o leva a ser considerado um dos castelos mais visitados de toda a Alemanha. 
O castelo mais parece uma miragem romântica saída do período neogótico

6. Castelo de Highclere, Inglaterra

Um dos castelos mais famosos da atualidade fica em Hampshire, no interior da Inglaterra. Desde 1670, ele é o lar da família Carnavon, mas sua construção só foi totalmente concluída dois séculos mais tarde. Apesar de ser a casa dos sonhos de muita gente, o local, que possui 11 dormitórios, sempre gerou muitos gastos para os Carnavon, sobretudo no que diz respeito à calefação. Com as filmagens de “Downton Abbey” no castelo, a família encontrou uma lucrativa fonte de receitas: em 2011, 600 festas foram agendadas nele.
O local foi cenário da série de época “Downton Abbey”, que, infelizmente, chegou ao fim no ano passado

7. Castelo de Windsor, Inglaterra

O último castelo da nossa lista é uma das residências oficiais da Rainha Elizabeth II — e a sua predileta. Situado no topo de uma colina na cidade de Windsor, a menos de 50 km de Londres, o lugar tem quase mil anos de história e é o mais antigo ainda em uso no Velho Continente. Para visitá-lo, você não precisa ter sangue azul, mas um pouco de paciência, afinal o lugar é um dos destinos mais visitados em todo o Reino Unido.
A residência da família real inglesa possui nada menos do que mil quartos
Se você ganhasse uma fortuna, compraria um castelo? Comente no Fórum do Mega Curioso!